- Faith.†
“Desculpa ta. Desculpa se eu despejo meu mau-humor todo em você, muitas vezes sou grossa. Fria, na verdade, gelada. Desculpa por muitas vezes não ter assunto, ser chata, sem graça. Eu sei que eu não sou uma pessoa muito boa de conviver, mas eu tento sabe, as pessoas geralmente não me suportam por muito tempo, mas eu não quero que seja assim com você, eu to dando o máximo de mim amor, to fazendo o possível pra mudar esse meu jeito e te fazer feliz, porque meu amor, te fazer feliz é tudo que eu mais quero na vida.”

Talvez um dia você procure por mim e não me encontre.


daquelas que para o trânsito, faz vagabundo tentar ser romântico


As outras minas fica puta porque você ganhou a luta delas, mesmo sem nem ter entrado na disputa


Odeio andar com mais de duas pessoas,eu sempre fico atrás.


blackgirlwhiteboylove:

Our African Wedding

My wife and I just had our African wedding celebration with her side of the family. It was off the charts.

<3




A indireta não era para você, mas se você gostou e se identificou tanto assim com ela, pode ficar.


Tá dada a largada, seu dia começou, agradece e vai na fé, Deus não esquece de ninguém e mais uma vez ele te botou de pé.


“Abraços são casas quando não temos mais teto.”
Tu me cativas.   (via nadamaisecomoera)

“O que eu realmente quero que você saiba é que não importa o tempo que passe, o que aconteça ou o que a vida nos ensine. Não interessa quem somos ou quem vamos nos tornar. O que vale é o que carregamos dentro de nós. E você, guarde isso na memória para todo o sempre, eu te carrego junto comigo todos os dias.”
Clarissa Corrêa.  (via sonhemos)


“Você era meu verso, palavra desmedida que buscava a eternidade. Tudo seu era pra sempre, como se não existisse o mundo lá fora e nem deuses a conspirar contra ou a favor. Era como se ‘nunca mais’ fosse um ponto fora de rota, sabe? E toda nossa poesia seguisse em linhas retas.”
Fred Medeiros.  (via autorias)

“Para mim, duas coisas são fundamentais: olhares e voz. Tem coisa mais linda que um olhar? Sinceros, tímidos, reveladores, provocantes, que suplicam, agradecem, sorriem. E voz? Ela acalma e diz quem a pessoa é.”
Clarissa Corrêa.  (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)

não é questão de orgulho, é questão de eu não ser trouxa.


THEME